Ambientação
Por cerca de 10 anos o Mundo Bruxo Britânico esteve sob a regenência de um governo ditador que, chantageado pelo intitulado Lorde K., o Lorde das Trevas, tomou algumas medidas drásticas para tirar o poder das mãos de famílias que já estavam há muito tempo na chefia das instituições bruxas. Bruxos foram perseguidos, presos, punidos.. Outros simplesmente desapareceram.

O Ministério da Magia, que a cada dia possuia novas regras para a população, sequer explicava para a sociedade o motivo daquilo. Parte da população bruxa apoiava tais medidas, querendo assim ver as famílias bruxas mais influentes finalmente fora do poder. Outra parte, formada principalmente pelas famílias atacadas, tentava resistir às ordens do Ministério. Hogwarts parecia treinar um exército. Famílias estavam fugindo. Os comércios estavam falindo. A sociedade bruxa britânica estava sucumbindo.

Anos se passaram, até que um grupo intitulado Lavender, formado inicialmente por mulheres das famílias perseguidas, surgiu com o apoio de muitos outros bruxos e ajudou a revelar toda a verdade da história. O Lorde K. não mais comandava a Irmandade e estava desaparecido. Seus próprios seguidores o haviam destituído de seu posto e assumido seu nome como um codinome para esconder o novo grupo, que almejava acabar com as famílias poderosas do mundo bruxo. Como se não bastasse, descobre-se ainda que uma Superior do Ministério e a Diretora de Hogwarts estavam por trás dos planos desse novo grupo, uma, por ter sido chantageada, a outra, por pura sede de vingança contra aqueles que um dia arruinaram sua própria família. Os grupos entraram em guerra.

Bruxos foram mortos de ambos os lados, mas por fim, o lado das trevas foi derrotado, capturado e mandado à Azkaban, que agora tem sua segurança mais que reforçada. As instituições estão sob novas direções. Famílias refugiadas retornam à seus lares. Os comércios tornam a ganhar freguesia com os bruxos finalmente andando sem grandes preocupações nas ruas. O que resta aos bruxos é recomeçar e crer que os tempos de paz e segurança irão durar.
Data on
Ano: 2031
Mês: Junho
Novidades

04/04 Fiscalização de habilidade aberta!
Links Rápidos

Últimos assuntos
» [RP Fechada] Work Hard
[Mini-Missão] I see fire EmptyDom 31 Mar 2019 - 11:56 por Luthor Le Fleur

» [RP] Noite de Ano Novo
[Mini-Missão] I see fire EmptySab 23 Mar 2019 - 10:48 por Narrador

» Votações - Awards da depressão
[Mini-Missão] I see fire EmptyQui 21 Fev 2019 - 10:05 por Danorum

» [RP Fechada] Working
[Mini-Missão] I see fire EmptySex 1 Fev 2019 - 23:19 por Kieran Lewis Schwingel

» [RP] Half a truth is often a great lie
[Mini-Missão] I see fire EmptyQua 30 Jan 2019 - 22:01 por Joshua B. Connington

» [RP] Ofícios.
[Mini-Missão] I see fire EmptyQua 30 Jan 2019 - 22:00 por Max Peregrinne Bianchi

» [RP] So what?
[Mini-Missão] I see fire EmptyQua 30 Jan 2019 - 21:35 por Annelise Kinsky

» [RP Fechada] Obliviate The Muggles
[Mini-Missão] I see fire EmptyQua 23 Jan 2019 - 22:21 por Kieran Lewis Schwingel

» Votações - Especial de virada de ano!
[Mini-Missão] I see fire EmptyQua 16 Jan 2019 - 15:26 por Danorum

» Arquivos Awards
[Mini-Missão] I see fire EmptyQua 16 Jan 2019 - 15:20 por Danorum

Staff
Narrador
Danorum
Tétis
Sarff
Vênus
Scribe
Copa das Casas
CORVINAL
75
GRIFINÓRIA
153
LUFA-LUFA
205
SONSERINA
105
Awards
Edward Bianchi
Postador The Flash
Dylan Cartwright
Aluno Destaque
Annelise Kinsky
Salvadora da Pátria
Pietro Fourrié
Senhor Encrenca
Edwin & Noah
Casal Diabetes
Brahms Cartwright
Adulto Nada Exemplar
Candice Bringstrow
Bruxa mais Desejada
Isaac Fourrié
Bruxo mais Desejado
Shut Your Fucking Mouth
Melhor RP
Parceiros
Créditos
Todo conteúdo contém exclusivamente seus criadores, quaisquer retiradas devem ser creditadas. Este fórum é a terceira geração que se iniciou no Aresto Momentum e depois se tornou Potterhead, seguindo algumas de suas ideologias, sistemas e projetos. Este RPG é feito em nome do PH e toda sua colaboração para o mundo Rpgista Potteriano. Skin feita por Hardrock de Captain Knows Best e adaptada por Danorum e Ohen.

Licença Creative Commons

[Mini-Missão] I see fire

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Vênus em Sex 12 Fev 2016 - 21:37

Mini-missão
Quando se trata de crianças, deve-se saber que qualquer distração pode resultar num acidente. E estes podem ser terríveis, como o que ocorreu uma semana após o início das aulas em Hogwarts. Naquela manhã tediosa, um trio de pequenos decidiu que seria interessante brincar de bruxo grande, e que para isso, precisavam de algo para fingir feitiços. Já não havia tantos funcionários, e os espertinhos trataram de tapear os que encontraram até o caminho até a cozinha, onde pegaram o fogo que crepitava no fogão onde o almoço era feito. Contentes e agitados por sua peripécia, trataram de correr para os dormitórios para começar sua brincadeira. Claramente, foi aí que a tragédia se iniciou. A brasa atingiu uma das camas e fogo se espalhou. As crianças, assustadas, ainda tentaram fazer algo – não obtendo êxito, foram chamar por adultos. Mas talvez já fosse tarde demais.

♦ Premiação máxima consiste em 100 PPH e G$500.
♦ A postagem aqui é permitida aos funcionários do orfanato (funcionários do Camp trabalham no orfanato durante o período letivo), aos adultos moradores de Godric’s Hollow (membros das famílias Connington, Fourrié e Kinsky) e crianças.
♦ Aos adultos, cabe descrever como souberam do incêndio, o que fizeram para combatê-lo e possíveis resgates de crianças.
♦ Quanto aos pequenos, se escolherem fazer parte do trio pestinha, devem narrar como tapearam os funcionários do orfanato, as peripécias que ocasionaram a tragédia e suas consequências. Caso sejam crianças comportadas, devem contar o que faziam no momento em que o fogo começou e sua escapada das chamas.
♦ Boa ortografia e organização são prezados, mas acima de tudo coerência e criatividade. Postagens conjuntas são incentivadas.
♦ Nada de cores cegantes e nem templates muito estreitos ou com letra muito pequena.
♦ Prazo para postagem: 26/02/2016.



Vênus
Vênus
Data de inscrição :
12/05/2013

Mensagens :
277

Tópico Pessoal :
Funções da Vênus:

- Atualizações gerais;
- Registro e fiscalização de PP;
- Fiscalização de cargos;
- Famílias e Residências;
- Banco.


RPG » Administrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty Re: [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Pietro C. Fourrié em Sex 12 Fev 2016 - 23:51




Bateta Mázica

- Bateta, tum tum tum! – apontei meu dedinho para um bastão com a ponta felpuda em cima do armário - Tia Lô, bateta, bateta! – a funcionaria pegou o objeto trazendo-o até mim, minhas mãozinhas ficaram agitadas tentando agarrar o brinquedo, um sorriso de pestinha logo se formou, pus os dentinhos para fora como um coelho e sai batendo em tudo com minha baqueta de tambor – Tum tum tum... tum tum tum! – saltitei e comecei a bater na cabeça da Elle com a baqueta, minha maninha começou a chorar, não estava entendendo o som era tão bonitinho. A tia Louise agarrou minha gêmea e a ninou no braço, Elle tava sendo mimada nem bati tão forte assim. Franzi o cenho... Aproveitei que a tia tava distraída com a minha irmã e sai do quarto.

Não era justo ela sempre ganhar atenção – Isso num vale! – murmurei e me enfiei atrás do sofá, engatinhei pelo chão, o que rendeu alguns espirros baixinhos, até que cheguei na cozinha, senti um cheiro muito bom que vinha de um caldeirão em cima do fogão, pus meu brinquedo em cima de um banquinho e arrastei ele até perto do fogão, tentava me apoiar nas pernas da cadeirinha para não cair. Com força subi no assento e com esforço me equilibrei com  a baqueta em mãos , me aproximei do caldeirão quando percebi algo de diferente, uma fagulha tinha transformado minha baqueta em uma varinha mágica!

A ponta felpuda do meu brinquedinho agora tinha um brilho vermelho e azul – Fogo! Sô um buxo, sô um buxô! – corri pelo orfanato tocando os móveis com a ponta de minha “varinha mágica”, fui até o quarto para mostrar aos coleguinhas, infelizmente tropecei no tapete de espuma e a baqueta voou da minha mão pousando na cama da Alabama, de repente o lençol da menina começou a brilhar – Sou o Reri Póter! – comecei a gargalhar e bater palmas, minha mãe sempre contava historinhas dele pra mim e naquele momento eu me senti um bruxo poderoso que nem ele – Sô um orador!


Thanks for @Lovatic, on CG

Pietro C. Fourrié
Pietro C. Fourrié
Data de inscrição :
20/09/2015

Mensagens :
59

Idade :
16


Ficha do Personagem
Patrono: Nenhum
Ano Escolar: 5° Ano
Casa: Sonserina
HOG » Sonserina

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty Re: [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Aydra M. Bringstrow em Sab 13 Fev 2016 - 3:22


Fire girl!

This girl is on fire, she's walking on fire.


Os cachos dourados de Alabama derramavam-se sobre a cama conforme a menina mexia-se na cama em sua brincadeira solitária. Senhorita Muffins, uma gatinha branca muito concorrida entre as crianças do orfanato estava segura em sua mão direita enquanto que, em sua mão esquerda, estava a mais horripilante pelúcia do local, um sapo verde-musgo surpreendentemente realista que, para dar um efeito ainda mais asqueroso no brinquedo, estava em trapos e sem um de seus olhos cinzas.

"Não senhorita Muffins. Ainda há muito leite que tomar nessa vida ainda." explicou a loirinha em uma voz forte enquanto mexia o sábio sapo. Na sua jovem opinião, o sapo deveria ter mais ações na brincadeira do que a gatinha Muffin, porque Muffin brincava muito com todas as outras crianças e o sapo era abandonado por todos. Assim as pelúcias não ficavam tão tristes.

Ally movimentou os pequenos dedos escondidos sob o pelo branco de Muffin e fingiu que a gatinha lambia as patinhas rosadas. O sapo balançou a cabeça em desgosto e a órfã abriu a boca para continuar sua brincadeira quando um garoto entrou no quarto. E não era um simples garoto, era o Pietro cara-de-torta.

Seu rosto transfigurou-se em uma cômica cara de espanto enquanto o garoto tropeçava e o objeto que tinha em mãos, brilhante e em chamas, caia a poucos centímetros dela própria. Seus cabelos escapando por um triz - o que não aconteceu a seu adorável lençol de gatinhos amarelos.

A boca aberta em um perfeito 'ó' deixou escapar um grito assustado enquanto jogava o corpo para fora do lençol em chamas. "Senhor sapo!" gritou, vendo a pelúcia no meio do lençol, no susto aliviara o aperto em uma das mãos e escapara apenas com a senhorita Muffin. Ela não poderia deixar o senhor sapo no meio do fogo. Pelúcias tinham sentimentos!

"Senhor sapo.." ela murmurou com a voz embargada conforme lágrimas assustadas começavam a cair de seus olhos. Pietro cara-de-torta também não estava contribuindo, ele estava comemorando a futura morte do senhor sapo! Ele era uma criança horrível.

Mesmo com uma pontinha de medo, Ally jogou-se para dentro de seu lençol em chamas, fogo este que já deveria ter atingido um dos lados do colchão. Tivera que pular, caso contrário não alcançaria a cama, mas agora via-se presa sobre essa agarrada ao senhor Sapo. Subitamente um medo irracional da altura da distância entre o chão e o colchão, ela não conseguia descer. Merlin, Alabama queria seus irmãos. Onde eles estavam?

Agarrou-se mais apertada contra a maltrapilha pelúcia enquanto começava a chorar de medo, fugindo do fogo sem descer de cima da cama.

baby now we got bad blood, we used to be mad love. all rights to Miss!


Aydra M. Bringstrow
Aydra M. Bringstrow
Data de inscrição :
19/05/2013

Mensagens :
131

Idade :
27


Ficha do Personagem
Patrono: Nenhum
Ano Escolar:
Casa:
RPG » Fantasma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty Re: [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Finrod em Sab 20 Fev 2016 - 0:37


'Cause we got the fire
We gonna let it burn... Just a little more and Kabum!


O vento batia contra minha face, trazendo consigo o cheiro de grama verdinha e molhada, por conta da chuva de mais cedo. E, por algum motivo aquilo me fazia lembrar-se da minha infância, uma infância que eu nunca tive. Ver aquelas crianças ali correndo, divertindo-se com tão pouco enquanto sorrisos simples e sinceros surgiam em seus rostinhos, me fazia querer voltar no tempo. Mas será que a questão era mesmo essa? Talvez voltar no tempo não adiantasse muito, mas sim ter uma família melhor, ou simplesmente viver em um orfanato como esse. Ás vezes penso que essa é a pior parte da vida, não poder escolher a família. Mas e se pudéssemos, será que optaríamos pelo certo? Eu não me arrependia, não por mim, mas sim por Lief. A minha infância havia ficado no passado, um passado distante que eu escolhi enterrar, porque seria melhor assim. Mas e Lief? Ele era apenas uma criança, e sem família, bom, agora ele tinha a mim, e um pouco de Thomas também, mas as coisas poderiam ter sido melhores. Ele podia ter tido a chance que eu não tive, de ter uma família melhor, mas eu fui obrigada a estragar tudo. Estragar tudo pra nada, e por quê? Por ganância, poder e, o pior de tudo,o puro egoísmo. Não é arrependimento, porque naquele momento eu soube que era a coisa certa a se fazer, então o fiz, e repeti para mim mesma que não me arrependeria, então é o que irei fazer. Por mais difícil que seja.


O choro agudo, porem distante, fez com que eu despertasse de meus devaneios. Minha atenção logo se voltou para a criança caída no chão, que chorava, esfregando os olhos com as pequenas mãos. Caminhei até o pequeno garoto, apoiando minhas mãos em seus braços e fazendo com que o mesmo se levantasse em um movimento ágil. Trouxe o corpo dele até o meu, segurando-o em meu colo e afagando suas mechas loiras – Está tudo bem, querido. Conte-me o que aconteceu, hm? – Deslizei a palma de minha mão direita sobre o rosto do pequeno, limpando suas lágrimas enquanto ele, com palavras mal formadas, tentava me explicar que havia caído enquanto corria, me mostrando o joelho ralado – Tudo bem – Olhei para o pouco sangue que havia ali – Vamos limpar isso daqui, certo? – Ele assentiu enquanto eu caminhava com ele na direção interna do orfanato, sendo interrompida por uma garotinha, Stella, que desesperada corria em minha direção, gritando e puxando a barra de meu vestido ao mesmo tempo. Segurei as mãos da garota, afastando-a, um pouco nervosa – Ei, para. Para.- Mas ao invés de parar a garota insistia em continuar, até que eu finalmente pude entender do que se tratava. Desviei meu olhar até a janela dos quartos, de onde uma nuvem de fumaça saia. Deixei o garoto que eu segurava no chão, e pedi que ele e a garota voltassem para o parquinho, cuidaríamos do machucado mais tarde, e assim eles fizeram.


Quando cheguei ao lugar as chamas do fogo já haviam se alastrado por uma grande parte do quarto, mas pior do que isso, foi ver que ainda haviam duas crianças lá dentro, Pietro e Alabama. A garota corria de um lado para o outro na cama, que em alguns minutos seria consumida, assim como o restante do quarto, já o garoto estava um pouco mais distante, porem parecia se divertir com o que ocorria por ali. Com certeza ele não tinha noção de que em poucos segundos seu corpo estaria em chamas, e não sobrariam nem os ossos, ou talvez sobrassem alguns, hm. Olhei para os lados, certificando-me de que ninguém estava no local, e depois para as crianças, eu podia arriscar a minha vida para salva-las ou simplesmente ir embora e deixar as duas morrerem ali. E, analisando a segunda opção, bom, ela me parecia plausível. Duas crianças a mais, duas a menos, não iriam fazer falta.  Não para mim. Então eu dei as costas, pronta para deixá-las ali, mas antes que eu seguisse para o corredor os gritos da garota ecoaram, ficando vez mais forte... E então eu voltei ao meu passado, a quando matei Liam, pronta para deixar Lief para trás... E eu fui burra o suficiente para retornar, arriscar a minha vida pela dele – como venho fazendo até hoje – e ver a esperança surgir em seus olhos novamente... Aquele garoto de cinco anos havia me mudado, em partes. “Você não é como eles...”
E então eu refiz o curto trajeto, pouco me importando com o fogo, eu os salvaria. O  garoto, Pietro, estava mais distante das chamas, então seria mais fácil tira-lo dali. Com auxilio da varinha, utilizei o feitiço “Aequora Teggo”, invocando água, não muita, mas o suficiente para alcançar o garoto. Olhei para ele, e sem muita esperança, murmurei – Vai ficar tudo bem. Fique atrás de mim, precisamos ajudar ela. – Estendi a varinha, mirando-a na direção da cama da garota – Amornae! – As chamas agora não se passavam de uma brisa morna, formando um circulo ao redor da garota. Ao alcançá-la, segurei seu braço, puxando-a com força para mim. Olhei para a porta de saída, mas um pouco e ficaríamos presos ali dentro. A fumaça começava a se tornar sufocante aos poucos, fazendo com que eu espirrasse, não demorando muito para que os pequenos fizessem o mesmo. Apontei a varinha para a cama da garota, utilizando o feitiço “Aguamenti” para controlar as  poucas chamas e encharcar o lençol. Tirei o cobertor da cama, jogando-o sobre o corpo dos dois, auxiliando-os em usar para tampar o nariz a boca até que saíssemos dali. Conforme o tempo se passava, as chamas se alastravam e ia tomando  conta do quarto, espalhando-se no corredor por onde iríamos sair. Puxei o garoto, colocando-o em meu colo, e deixando a garota no chão, envolta no lençol. Manusei a varinha, em movimentos ágeis, pronunciando - Partis Temporus! – As água apagou as chamas, permitindo que deixássemos o local.

Local: Creche e Orfanato Bruxo inFeliz » Com: Ally e Pietro » ROUPA USADA » made by secret from tpo
Finrod
Finrod
Data de inscrição :
28/08/2013

Mensagens :
16

Idade :
21


Ficha do Personagem
Patrono: Nenhum
Ano Escolar: Concluído
Casa: Sonserina
RPG » Adulta

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty Re: [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Nikolai O. Dimitroff em Sab 27 Fev 2016 - 11:50





Fogo



"O tempo passou claro que passaria. Como passam as vontades que voltam no outro dia." - Engenheiros do Hawaii


Nikolai deixou a mão escorregar pelo cabelo escuros, cruzando-as em seguida atrás de sua cabeça em busca de uma posição mais confortável.

Seu tórax e abdômen eram constantemente alvo de pedras acidentais, mas o bruxo não podia incomodar-se menos com isso. Deitado na grama, sentindo o sol aquecer suas bochechas e brilhar através de seus olhos fechados enquanto que, ao seu redor, gargalhadas ecoavam enquanto a competição prosseguia.

Ficar com os mais velhos  era a tarefa mais complicada e deveria ser uma espécie de castigo por chegar alguns minutos atrasado, mas o russo possuía esta irritante característica de transformar as situações em seu favor e agora as crianças riam ao seu redor.

O grande jogo naquele momento era arremesso de pedras. Não era lá uma das melhores que Nick já havia inventado, mas por vezes tinha que improvisar algo visto que o orfanato não possuia rendas para todas as suas ideias - e nem mesmo ele.

"Nick, olha lá!" Clara gritou, interrompendo a brincadeira e chamando a atenção de todos para a fumaça que escapava das janelas do orfanato. "Nick!"

O russo abriu os olhos e sentou-se, notando a agitação ao seu redor. Fogo. "Fiquem aqui!" ele ordenou em um tom urgente, levantando-se abruptamente e esquivando dos jovens enquanto corria para dentro da construção.  Empurrou a porta e subiu as escadas, indo até os quartos onde a fumaça era mais forte.

No corredor encontrou Effy e duas crianças. "Há mais alguém lá dentro?" questionou rapidamente e, diante da negativa, adiantou-se. "Vou levar eles pro Mungus." afirmou,  enfeitiçando uma pelúcia velha largada ali para servir de chave de portal. O ruivo, Nick sabia ser filho de pais bruxos, assim como sabia que a loira era irmã de uma garota qual levara para a estação semanas antes.

A menina chorava e bolhas começavam a se tornar aparentes em seus braços. O bruxo retirou a camisa, envolvendo a menina e a pegou no colo e, ao mesmo tempo que chamava o menino também para agarrar a pelúcia. "Você chama ajuda para o fogo?" perguntou, recebendo a afirmativa da moça e sumiu no portal com destino ao Mungus.
THANK YOU SECRET!
Nikolai O. Dimitroff
Nikolai O. Dimitroff
Data de inscrição :
20/10/2015

Mensagens :
107

Idade :
42


Ficha do Personagem
Patrono: Tigre de Amur
Ano Escolar: Concluído
Casa: Durmstrang
CSR » Diretor

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty Re: [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Vênus em Qui 10 Mar 2016 - 17:20

Avaliação
Os quesitos levados em conta nessa avaliação foram: coerência, criatividade e adequação ao proposto. E antes de irmos aos prêmios, apenas vou expor algumas considerações gerais. Nenhuma das postagens foi grande e algumas poderiam ter sido bem mais desenvolvidas, felizmente, o objetivo geral da missão foi atingido. A postagem de Nikolai teve suas recompensas diminuídas por ter sido feita após o prazo limite.

Pietro C. Fourrié – 80 PPH e G$ 430
Alabama B. Bennett – 70 PPH e G$ 400
Effy H. Rosenfeld – 90 PPH e G$ 450
Nikolai O. Dimitroff – 45 PPH e G$ 200




Vênus
Vênus
Data de inscrição :
12/05/2013

Mensagens :
277

Tópico Pessoal :
Funções da Vênus:

- Atualizações gerais;
- Registro e fiscalização de PP;
- Fiscalização de cargos;
- Famílias e Residências;
- Banco.


RPG » Administrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Mini-Missão] I see fire Empty Re: [Mini-Missão] I see fire

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum