Ambientação
Todo ser humano necessita de algo em que acreditar para que sua vida tenha algum sentido. Seja em vários deuses ou em um só ou até mesmo na inexistência de qualquer deus. Seja no bem, no mal, na vida após a morte ou em magia. Independente de qualquer que seja a crença, os humanos movem suas vidas em função dela. Entretanto, há um tipo especifico de humanos que têm a magia não como uma crença abstrata, mas como sua maior realidade.

A comunidade bruxa europeia vive em paz há algum tempo, desde que o Ministério conseguiu frustrar os planos da Irmandade das Trevas. Os comensais que sobreviveram ao rompante de raiva de seu chefe foram mandados para Azkaban para receberem o beijo dos dementadores. Porém os aurores não conseguiram capturar o líder da Irmandade, que anda livre pelo mundo já recrutando um novo exercito.

Não diferente, o Ministério da Magia já treina novos aurores para suprir a baixa que foi deixada pela última batalha contra os bruxos das trevas. Os chefes dos departamentos não mais estão fazendo vista grossa para os acontecimentos anómalos que outrora assombraram suas rotinas. O ministro em si se encarrega dos assuntos mais sérios e as pilhas de papeis em sua mesa estão cada vez menores.

Em Hogwarts, os antigos clubes de duelos e de poções foram reativados, mas não com a antiga ideologia de apenas aprendizado e lazer, e sim com a mascarada didática de treinar os alunos em combate, defesa e o que mais for necessário para prepara-los para uma futura batalha contra o mal.

Os sinais estão claros para as autoridades, os bruxos das trevas se movem à surdina e os jovens estudantes do castelo de Hogwarts são preparados para a guerra sem nem mesmo notar. Os dias sombrios estão por vir novamente. Bruxos, empunhem suas varinhas e as segurem bem, pois elas serão suas maiores e melhores aliadas nos dias futuros.
Data on
Ano: 2019
Mês: Outubro
Novidades

Em breveCampeonato de Quadribol

Últimos assuntos
» [RP]
Ter 6 Jun 2017 - 15:36 por Joshua B. Connington

» Votações - Abril e Maio
Seg 5 Jun 2017 - 2:20 por Sarff

» [RP] I have loved the stars too fondly to be scared of the night
Dom 4 Jun 2017 - 10:46 por Anastasia Kinsky

» [RP] Seven Nation Army
Sex 2 Jun 2017 - 3:07 por Edward Fourrié Schwartz

» Solicitação de Missões
Sab 13 Maio 2017 - 20:23 por Chai K. Schwartz

» Liga de Quadribol
Dom 7 Maio 2017 - 19:17 por Sarff

» Sistemas do Fórum
Dom 7 Maio 2017 - 18:04 por Sarff

» [rp] She is supreme
Qua 15 Fev 2017 - 20:16 por Aaliyah Brussel Lancaster

» Tabela de Conversão e Ações de PPH's
Seg 13 Fev 2017 - 3:27 por Tétis

» [RP] Just another day
Dom 29 Jan 2017 - 19:02 por Convidado

Staff
Sarff
Danorum
Narrador
Tétis
Manchetes do Profeta
Entrevistacom o Ministro da Magia.
Nóticiassobre a Liga de Quadribol.
Awards
BRANDON CARTWRIGHT
Aluno mais esforçado
IVY SCHWARTZ
Melhor profissional
NIKOLAI DIMITROFF
Drama king
EDWARD SCHWARTZ
O pegador
ANNE & LILY
Melhor dupla
Ksenia & Marijuana
RP mais quente
Parceiros
Créditos
Todo conteúdo contém exclusivamente seus criadores, quaisquer retiradas devem ser creditadas. Este fórum é a terceira geração que se iniciou no Aresto Momentum e depois se tornou Potterhead, seguindo algumas de suas ideologias, sistemas e projetos. Este RPG é feito em nome do PH e toda sua colaboração para o mundo Rpgista Potteriano. Skin feita por Hardrock de Captain Knows Best e adaptada por Danorum.

Licença Creative Commons

3ª Aula de HDM

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

3ª Aula de HDM

Mensagem por Tétis em Qui 6 Jun 2013 - 21:37

História da Magia

Aula III
avatar
Tétis
Data de inscrição :
12/05/2013

Mensagens :
2114


RPG » Administrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de HDM

Mensagem por Caleb P. Lancaster em Seg 22 Jul 2013 - 13:19


História da Magia

Passaram-se anos desde que eu estivera em Hogwarts pela última vez. Enquanto aluno daquela escola, diversas vezes eu me metera em encrencas e, consequentemente, brigas e implicâncias com os professores, tanto de minha parte quanto da deles, e prometera uma vez que nunca me tornaria alguém como eles. Ironicamente, acontecimentos inesperados em minha vida, apesar de um pouco ruins, deram-me a grande oportunidade de aprender mais sobre um assunto que antes eu detestava e aprender também a gostar de tal assunto: a História da Magia. E a paixão pelo assunto se tornou tão imensa que cresceu dentro de mim a vontade de não apenas aprender mais, mas passar todo meu conhecimento adiante. Então, essas lembranças do passado hoje fazem-me rir, afinal, cá estou eu, mais uma vez em Hogwarts, e dessa vez como professor. 

Os alunos comiam, conversavam e se implicavam durante o café da manhã, coisas típicas de todo o sempre, e foi no meio daquilo tudo que, sem chamar muita atenção, levantei-me e segui para a sala onde lecionaria a primeira aula de toda a minha vida. Empurrei a porta e me deparei com uma sala organizada, foi muito bom saber que não precisaria organizar as coisas, ao menos não por agora, então encostei-me na mesa, que agora seria minha e, com a minha varinha abri as janelas para que circulasse um pouco mais de ar pela sala. Os minutos foram passando e passos apressados e cochichos começaram a ser ouvidos no corredor. Virei-me para a porta assim que o primeiro aluno entrou. - Bom dia! - cumprimentei-o. Mais alunos foram chegando, alguns me olhando de maneira estranha, outros apenas fazendo cara de indiferença. Cumprimentei a cada um enquanto passavam por mim e quando a sineta tocou anunciando o início da primeira aula acenei com minha varinha e fiz com que a porta se fechasse.

Virei-me para eles, que pareciam agitados. - Bom dia a todos vocês.. - pigarreei intencionalmente para que cessassem as conversinhas que se formavam pela sala. - Primeiramente, gostaria de me apresentar. Me chamo Brian Scott Windsor, serei o novo professor de História da Magia de vocês. Fui chamado para assumir o cargo da senhorita Nataly, antiga professora de vocês, e sim.. Isso significa que estarei aqui no próximo ano também. - fitei alguns alunos, tentando decifrar cada expressão. - É verdade que esta é a última aula deste ano, mas já que estaremos juntos novamente no próximo ano, gostaria que me dissessem seus nomes, pode ser? - apontei para um garotinha sentada em uma das primeiras cadeiras. - Você! Pode começar? - a garota parecia tímida, mas depois de alguns segundos disse seu nome. O garoto sentado atrás dela se apresentou em seguida e assim foi seguindo,fileira por fileira todos se apresentaram e eu, encostado em minha mesa, olhava atentamente para cada um tentando gravar seus nomes. - Hum.. Não garanto que gravarei o nome de todos, mas farei um esforço! - sorri de lado. - Então.. Alguém poderia me dizer onde a professora parou na última aula? - um garoto mexeu  em sua mochila e tirou um pergaminho, mostando-me. Fiz com que o pergaminho flutuasse até mim e dei uma olhada na matéria que nele continha. Caminhei até a carteira do aluno e o devolvi o papel. - Então, vamos à matéria.. - sorri com pequenas reclamações. - Vamos lá pessoal, não vai ser tão chato assim. Não precisam copiar nada, mas não vou tolerar conversas durante a explicação, combinado?! - olhei em volta e, continuei a caminhar por entre as carteiras enquanto falava.

- Hoje vamos falar sobre algumas curiosidades a respeito de como surgiu a magia.. A primeira denuncia de magia foi há muitos anos atrás  no Egito antigo, naquela época era muito diferente que hoje. Os feiticeiros eram chamados pelos Faraós, que eram considerados deuses do Egito, e estes os chamavam para saber como seria a sua vida após da morte, pois os egípcios acreditavam que quando morriam, depois de algum tempo retornariam para o seu corpo, por isso eram mumificados e guardados em tumbas juntamente com seus pertences. - parei por um instante. - Estranho, não? - encarei alguns alunos e voltei a falar. - As tumbas mais famosas são dos Faraós: Quefrem, Queops e Miquerinos. Naquele tempo eles já tinham um pouco de transfiguração, pois eles tinham como antepassados os animais. A esfinge egípcia é uma antiga criatura mística usualmente tida como um leão estendido com uma cabeça humana, usualmente a de um faraó, usada para representação de poder.  Mas a Esfinge na verdade foi uma má transfiguração. Os trouxas tem péssimas supostas maneiras de os Egípcios terem conseguido fazer as pirâmides, claro que para nós bruxos, sabemos que foram obras de magos muito poderosos..- dei uma pausa enquanto caminhava de volta para a frente da turma. - Eles já usavam calendário e este calendário era com base dos movimentos dos astros, sol, lua…. Os egípcios também já tinham uma noção de herbologia, com as plantas típicas das margens do rio Nilo, eles faziam suas poções. Mas a magia só foi conhecida de fato, como nos tempos de hoje, com a civilização Celta. - encostei-me mais uma vez na beirada da mesa e fitei os alunos. Alguns prestavam atenção, outros pareciam pensativos.

- A religião dos celtas era o druidismo. Eles eram politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses, e seus rituais eram sempre feitos ao ar livre, pois acreditava-se que eles ali ficavam em contato com a natureza e por isso mais perto dos Deuses e divindades. Os Celtas se encontravam na Europa ocidental, eles foram os principais fundadores da magia que conhecemos hoje. Foram eles quem criaram a "roda do ano". Essa roda estabelecia as anos, horas e as principais datas dos rituais mágicos, cada ritual tem um significado muito importante. A natureza para esse povo é muito importante, pois é dela que os deuses se manifestam. O dia e a noite também tem importância nesses rituais: o dia é o deus e a noite a deusa mãe. Para que tudo esteja em harmonia é necessário a interação perfeita do masculino com o feminino. O ano foi dividido pelos Celtas em um calendário, igual o que nós usamos hoje e, durante o ano os Celtas festejam oito momentos, que são.. - balancei minha varinha na direção do quadro e nele palavras foram escritas.

Quadro:
O início do ano, Samhain ( 1º de novembro hemisfério Norte e 1º de maio no sul)

Yule, solstício de inverno ( 21 de desembro Note e 21 de junho sul)

Imbolc, nascimento ( 1º de fevereiro norte e 1º de agosto sul)

Equinócio da primavera ( 21 de março norte e 21 de setembro sul)

Beltane, fertilidade (1º de maio norte e 1º de novembro sul)

Solstício de verão, ( 21 de junho norte e 21 de desembro sul)

Lughnasadh, pré-colheita, ( 1º de agosto norte e 2 de fevereiro sul)

Equinócio de outono,(21 de setembro norte e 21 de março sul)

- Alguns bruxos até hoje comemoram estes momentos. - observei alguns alunos pegarem seus pergaminhos e penas, e apenas continuei. - Não precisa copiar isto.. É apenas para que tomem conhecimento das datas. Mas, agora.. Quero que me façam um pequeno resumo sobre o que é o Druidismo. Encontrarão tudo em seus livros. Se alguém não trouxe, tenho alguns aqui para emprestar. Podem começar! - entreguei alguns livros para os esquecidos e me sentei observando-os.

Algum tempo depois, a grande maioria da turma já havia me entregado o pergaminho com o resumo. - Bom, por hoje é só! Aqueles que já terminaram podem sair, estão liberados. Aos que ainda estão fazendo, assim que terminarem, me entreguem e poderão sair também. Ah, e não esqueçam de me entregar os livros que pegaram aqui! - os alunos saíram e alguns ficaram, ainda escrevendo, mas não demorou muito para que estes também terminassem e deixassem a sala. Quando o último aluno saiu, fechei a porta e me pus a arrumar os livros de volta no armário, esperando pela próxima turma.



Observações:

- Aulas com menos de 25 linhas não terão nota.
- Avaliarei criatividade, interatividade e coerência.
- A atividade pedida em sala deve me ser entregue via MP, tendo como assunto "Aluno - Casa - Ano".
- Só aceitarei postagens feitas até o dia 05/08.

Pontos extras:
20 pontos para a casa do aluno com melhor post.
20 pontos para a casa da aluna com melhor post.
30 pontos para a casa cujo aluno apresentar a melhor tarefa.
avatar
Caleb P. Lancaster
Data de inscrição :
15/07/2013

Mensagens :
184

Idade :
27


Ficha do Personagem
Ano Escolar: Concluído
Patrono: Urso Polar
Casa: Grifinória
RPG » Adulto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de HDM

Mensagem por Brandon S. M. Drakhale em Seg 22 Jul 2013 - 19:59

Novo Professor


A cama estava extremamente confortável, mas a rotina  em Hogwarts era aquela, então Brandon se levantou, se vestiu adequadamente com as cores da Sonserina e saiu pela abertura de pedra da Comunal.
Os corredores estavam cheios, vários alunos agitados andavam em direção ao Salão Principal inclusive Brandon. Após tomar um belo café da manhã, se dirigiu até a última aula de HDM do ano letivo. O garoto estava particularmente ansioso, pois pelo que sabia teriam um novo professor nessa última aula.
No caminho para a sala, Brandon encontrou Mary, que andava apressada em direção à aula.
-Ei, Mary! –Disse alto para a irmã o escutar. Quando ela finalmente o nota, vem ao seu encontro.
-Oi mano,bom dia!-Diz ela abrassando-a.-Ok, nos cumprimentamos, então vamos logo, não quero me atrasar.-Disse ela puxando o irmão.
Quando finalmente chegaram ao corredor que se encontrava a sala de HDM, encontraram as portas escancaradas, adentraram-na e olharam para a pessoa que lhes dariam aula nesse dia.
Era um homem, ele sorria fervorosamente para os alunos que entravam, aparentava boa índole, mas nunca se sabe.
-Bom Dia!-Disse ele com um sorriso no rosto.
-Bom dia-Disseram Brandon e Mary juntos.
Após as formalidades, os garotos se dirigem à uma carteira no meio da classe e se acomodam, esperando o início da última aula de HDM do ano.
Quando finalmente o homem da início à aula, ele se apresenta como Brian Scott Windsor, ele parecia confiante, mas via-se a sua expressão um certo nervosismo. Como em  uma primeira aula, ele pede para que os alunos se apresentem para ele. Uma garota no começo da classe se apresenta e assim se sucede até que chega a vez de Brandon.
-Sou Brandon Frederick Gagerdoor.-Diz ele com um sorriso amarelo no rosto.
Após as apresentações se sessarem, a aula realmente começa. Primeiramente, o homem pergunta onde a antiga professora, a Srta. Nataly havia parado na matéria, Brandon como ajuda, tira um pergaminho de revisão que Nataly havia dado na última aula e mostra ao homem.
-Aqui professor, nossa última matéria foi essa.-O homem pega op pergaminho das mão do garoto.
-Obrigado meu caro-Diz ele, se virando e se acomodando em sua mesa.
Segundo Brian, iriam aprender nessa aula algumas curiosidades sobre o surgimento da magia. Pelo que ele disse, os primeiros indícios foram no Egito antigo, e deu aos alunos mais alguns detalhes sobre isso.
O homem parecia se destacar, não conseguia ficar quieto dentro da sala, caminhava pelas carteiras e se sentava novamente enquanto explicava. Em algumas partes da explicação de Brian, Brandon copiava algumas curiosidades e voltava a prestar atenção no homem.
Quando ele finalmente terminou toda a explicação,pediu aos primeiranistas um pequeno resumo sobre o dito hoje, segundo ele encontrariam todo o necessário em seus livros.
Brandon pegou uma folha de pergaminho, uma pena que havia ganhado de seu irmão Ryan e um tinteiro, abriu seu livro e leu-o atentamente para fazer o resumo pedido pelo professor. Enquanto ele copiava, o homem liberou os alunos, mas o garoto ainda não havia terminado a tarefa, portanto continuou lá, escrevendo.
Após ter certeza de que o resumo estava aceitável, o garoto se levanta e leva o pergaminho ao professor.
-Está aqui professor.- Disse ele depositando a folha em cima da mesa. – Bom dia para o senhor.
O garoto pega sua mochila e sai em direção a sua Sala Comunal.




The magic is in the shoes of those who feel
Slytherin - Quarto Ano
avatar
Brandon S. M. Drakhale
Data de inscrição :
14/05/2013

Mensagens :
435

Idade :
17


Ficha do Personagem
Ano Escolar: 4° Ano
Patrono: Raposa
Casa: Sonserina
HOG » Sonserina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de HDM

Mensagem por Mary E. M. Drakhale em Dom 28 Jul 2013 - 19:17

3ª aula de HDM

O sol raiara e viera com um vento gélido, que fez as cortinas azuis do dormitório se movimentarem demais. Eu já estava acordada, então fiz uma trança única em meu cabelo e completei minha higiene pessoal com produtos de hidratação trouxas que minha mãe me cedera. Sigo em direção ao Salão Principal, e percebo detalhes nas paredes que nunca havia notado. Hogwarts é uma escola realmente notável e maravilhosa.

Uma xícara azul, com detalhes em amarelo e um desenho de uma flor, é escolhida por mim. Eu adorava escolher. Então sirvo café quente e adiciono com uma colher, de bronze e curvada na ponta, um pouco de açúcar. O café me acorda definitivamente, então me preparo para a aula de História da Magia. Ministra... a srta. Nataly se tornara Ministra... Isto quer dizer que, teoricamente, um novo professor seria apresentado. Penso em como a professora podia ter esperado mais uma aula para sua despedida, assim o ano acabaria. Mas algo me diz que não é isto que vai acontecer.

Eu havia lido e relido o material passado por ela, mas confesso que, sem explicação, o entendimento foi muito complexo. Eu havia até passado o material a limpo para outro pergaminho, com a ideia que aquilo iria fixar em minha cabeça. Mas era tudo tão complexo. Deixo o pensamento de lado e continuo o meu caminho até a aula.

Chegando lá me deparo com um professor alto, cabelos castanhos, parado na porta com um sorriso. -Bom dia! -ele me cumprimenta, excitante.
-Bom dia, professor. -digo. Mas, como não usara a fala por muito tempo, minha voz saíra rouca e frágil.

Me sento, ereta, em uma das mesas vazias, e arrumo calmamente o material. Posiciono o pergaminho, um pouco desgastado com os materiais anteriores produzidos pela antiga professora Nataly, a pena e a tinta. Mergulho a ponta da pena no frasco e risco o pergaminho com os seguintes dizeres: “Terceira aula, História da Magia, Professor:” Deixo um espaço, que seria preenchido quando o novo mestre se apresentasse. Tal situação ocorreu alguns minutos depois. Seu nome era Brian Scott Windsor e ele seria nosso professor nos demais anos. E então ele pede para nos apresentarmos, o que de fato era engraçado, considerando que era nossa última aula do ano. Depois de alguns alunos, chega a minha vez, e nesta tenho o cuidado de pigarrear antes de começar a falar.

-Olá, meu nome é Mary Gagerdoor, sou da Corvinal. -faço uma pequena curvadura e um sorriso, e me sento.

Depois de dadas as apresentações, o sr. Windsor segue com as explicações.  O Egito Antigo seria o local onde foi visto o primeiro indício de magia. Os praticantes de tal magia eram chamados de Faraós, e estes eram considerados deuses. Os demais procuravam os Faraós para saber como seria a vida após a morte, já que acreditavam que, depois de dado algum tempo após a morte, o espírito voltaria para seu corpo. Por isso todos os cuidados com os corpos dos defuntos, eles eram mumificados e guardados em tumbas, junto com seus pertences mais valiosos. Algumas tumbas poderiam ficar famosas, segundo ele, e foram citados alguns nomes. Então ele cita a esfinge, um leão com uma cabeça humana, ocasionalmente com a cabeça de um Faraó, usada para representar seu poder. Porém, é acreditado que a esfinge foi, na verdade, uma transfiguração mal-feita. E temos também as pirâmides, feitas por magos poderosos. Também tinham alguma ideia de herbologia, segundo as plantas típicas das margens do rio Nilo, onde eles preparavam as poções. “Curioso. Eles realmente sabiam de muita coisa”

Porém, a magia como nós conhecemos, foi conhecida pela civilização Celta.  Sua religião era o Druidismo. Eles acreditavam em vários deuses, e possuíam diversos rituais, que sempre eram feitos ao ar livre. Os Celtas se encontravam na Europa Ocidental, e foram os principais fundadores da magia atual. Para este povo, o dia é o deus e a noite a deusa mãe. Eles acreditam numa interação perfeita de feminino e masculino. Eles acreditam em oito momentos.

O professor os anota no quadro e nos pede um resumo do que era o druidismo. Pego meu livro e o abro, deixando o pergaminho sobre uma página e lendo a outra. Depois de alguns minutos, meu resumo estava pronto, e o entrego para o professor no final da aula. Saio dali, cansada, porém satisfeita com uma aula esclarecedora.





Mary Elizabeth § Monitora da Corvinal § 2° ano § Magorian Drakhale
avatar
Mary E. M. Drakhale
Data de inscrição :
10/06/2013

Mensagens :
87


Ficha do Personagem
Ano Escolar: 2° Ano
Patrono: Nenhum
Casa: Corvinal
HOG » Corvinal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de HDM

Mensagem por Caleb P. Lancaster em Qua 14 Ago 2013 - 15:39

Notas


Brandon F. Gagerdoor: Teve uma boa narração, mas fez uma postagem um tanto quanto pequena. Poderia ter descrito mais as coisas ao seu redor.

Nota: 7,0

Mary E. C. Gagerdoor: Gostei muito de sua narração, descreveu as coisas e acrescentou alguns pensamentos, o que enriquece o post. Poderia apenas ter escrito um pouco mais.

Nota: 9,0

20 pontos para a Sonserina pelo post de Brandon F. Gagerdoor
20 pontos para a Corvinal pelo post de Mary E. C. Gagerdoor
30 pontos para a Corvinal pela melhor tarefa de Mary E. C. Gagerdoor

[
avatar
Caleb P. Lancaster
Data de inscrição :
15/07/2013

Mensagens :
184

Idade :
27


Ficha do Personagem
Ano Escolar: Concluído
Patrono: Urso Polar
Casa: Grifinória
RPG » Adulto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de HDM

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum