Ambientação
Por cerca de 10 anos o Mundo Bruxo Britânico esteve sob a regenência de um governo ditador que, chantageado pelo intitulado Lorde K., o Lorde das Trevas, tomou algumas medidas drásticas para tirar o poder das mãos de famílias que já estavam há muito tempo na chefia das instituições bruxas. Bruxos foram perseguidos, presos, punidos.. Outros simplesmente desapareceram.

O Ministério da Magia, que a cada dia possuia novas regras para a população, sequer explicava para a sociedade o motivo daquilo. Parte da população bruxa apoiava tais medidas, querendo assim ver as famílias bruxas mais influentes finalmente fora do poder. Outra parte, formada principalmente pelas famílias atacadas, tentava resistir às ordens do Ministério. Hogwarts parecia treinar um exército. Famílias estavam fugindo. Os comércios estavam falindo. A sociedade bruxa britânica estava sucumbindo.

Anos se passaram, até que um grupo intitulado Lavender, formado inicialmente por mulheres das famílias perseguidas, surgiu com o apoio de muitos outros bruxos e ajudou a revelar toda a verdade da história. O Lorde K. não mais comandava a Irmandade e estava desaparecido. Seus próprios seguidores o haviam destituído de seu posto e assumido seu nome como um codinome para esconder o novo grupo, que almejava acabar com as famílias poderosas do mundo bruxo. Como se não bastasse, descobre-se ainda que uma Superior do Ministério e a Diretora de Hogwarts estavam por trás dos planos desse novo grupo, uma, por ter sido chantageada, a outra, por pura sede de vingança contra aqueles que um dia arruinaram sua própria família. Os grupos entraram em guerra.

Bruxos foram mortos de ambos os lados, mas por fim, o lado das trevas foi derrotado, capturado e mandado à Azkaban, que agora tem sua segurança mais que reforçada. As instituições estão sob novas direções. Famílias refugiadas retornam à seus lares. Os comércios tornam a ganhar freguesia com os bruxos finalmente andando sem grandes preocupações nas ruas. O que resta aos bruxos é recomeçar e crer que os tempos de paz e segurança irão durar.
Data on
Ano: 2030
Mês: Julho
Novidades

27/10 Trama atualizada
29/10 Memorial aberto
06/11 Promoção de rank ativa!
12/11 Memorial fechado
Últimos assuntos
Staff
Sarff
Danorum
Narrador
Tétis
Manchetes do Profeta
Entrevistacom o Ministro da Magia.
Nóticiassobre a Liga de Quadribol.
Awards
BRANDON CARTWRIGHT
Aluno mais esforçado
IVY SCHWARTZ
Melhor profissional
NIKOLAI DIMITROFF
Drama king
EDWARD SCHWARTZ
O pegador
ANNE & LILY
Melhor dupla
Ksenia & Marijuana
RP mais quente
Parceiros
Créditos
Todo conteúdo contém exclusivamente seus criadores, quaisquer retiradas devem ser creditadas. Este fórum é a terceira geração que se iniciou no Aresto Momentum e depois se tornou Potterhead, seguindo algumas de suas ideologias, sistemas e projetos. Este RPG é feito em nome do PH e toda sua colaboração para o mundo Rpgista Potteriano. Skin feita por Hardrock de Captain Knows Best e adaptada por Danorum.

Licença Creative Commons

Quarto de Victor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto de Victor

Mensagem por Danorum em Sex 14 Jun 2013 - 12:28


Quarto do pequeno Victor



Família Villeneuve

@Thay


avatar
Danorum
Data de inscrição :
12/05/2013

Mensagens :
814


RPG » Administrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Victor

Mensagem por Aydra M. Bringstrow em Sex 20 Set 2013 - 21:04


 Hey! I'm SpongeBob


“Pra cima, pra cima, pra baixo, pra baixo”
A escova dos Carros iria deixar meus dentes limpinhos, limpinhos. Passei a água e depois deixei escorrer pelo meu queixo. Sequei meu rostinho com a minha toalha dos Carros e corri para minha cama.
Já estava prontinho para dormir, havia ido ao banheiro, escovado os dentes e secado meu rostinho, minha tia já tinha colocado meu pijama do Bob Esponja em mim e minha mamadeira quentinha estava me esperando no lado do meu dinossauro.
Corri e pulei na cama, fazendo a mamadeira derramar leite no dinossauro verde, joguei o dinossauro para minha mesinha de brinquedos, se ele ficasse junto da minha mamadeira poderia querer tomar todo o meu leite! Coloquei a mamadeira na boca e puxei minhas cobertas até cobrirem meu rosto e cabelo.
Eu parecia o Bob Esponja. Com meus cabelos loiros e pijamas amarelos, escondido embaixo de uma coberta amarela. A única diferença era que aqui não tinha Bob Esponja, só tinha Carros. Carros e nenhum barulho.
- Oi? - minha voz fez um barulhão na casa me assustando por um segundo e tive vontade de chamar a mamãe. Mas minha mãe estava em Hog-Hog cuidando do Pietro e papai tinha ido falar com o meu tio. Apertei meu travesseiro enquanto ouvia o som do silêncio e terminava com a minha mamadeira morna.
E rapidinho o sono foi chegando, como uma canção calma cantada por uma voz bonita.
“Se o tempo hoje vai depressa, não está em minhas mãos, cada minuto me interessa, me resolvendo ou não...”.
E logo o contorno da minha pista de corrida na mesa começou a desaparecer. E no meu sonho eu via mamãe, papai e Pietro.



avatar
Aydra M. Bringstrow
Data de inscrição :
19/05/2013

Mensagens :
129

Idade :
26


Ficha do Personagem
Ano Escolar:
Patrono: Nenhum
Casa:
RPG » Fantasma

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Victor

Mensagem por Aydra M. Bringstrow em Sex 25 Abr 2014 - 21:40


 Hey! I'm SpongeBob

[i]
O pequeno principe estava sentado sozinho no tapete-coberta-amarelo de seu quarto. Havia diversos brinquedos espalhados pelo quarto, mas somente dois recebiam a devida atenção do menino. Um cachorro alaranjado que era apertado no colo de Victor e uma tartaruga que balançava na mão direita do rapazinho, como se falasse. E de fato falava, com a voz do jovem Drakhale em um tom diferente soando no quarto.
- Hallo! Senhor cachorro - dizia Victoruga
- Auf! - respondeu o Victor cão, em um tom mais forte - Como vai tartaruga?
- Senhor cachorro, - o tom do garoto diminuiu novamente - você viu o meu bebê gafanhoto?
- Mas é, AUF, claro. Ele foi a uma corrida de porcos - Victorcão respondeu levando o cão para em cima da cama e fingindo que este dormira, a conversa parecia não ter nada de importante na encenação do cão.
- Como é que é? - a voz do Victoruga soou indignada, andando vagarosamente como uma tartaruga ele foi até uma pelúcia de um grilo cinza perto de seu armário. Esta pelúcia ultrapassava facilmente o dobro do tamanho da tartaruga, mas na cabeça do pequeno este era o filhotinho da tartaruga.
- Papai, papai! - a voz era bastante fina
- "Gafanhoto!". Você foi numa corrida de porcos?! - Victoruga pareceu rugir, mesmo sendo uma tartaruga. - Eu vou o chamar o seu tio! E ele vai te matar, ouviu?! - então Victor levou a tartaruga para longe. Parecia terrivelmente decepcionado com o "pequeno gafanhoto" e voltou com um Lobo branco como a neve.



avatar
Aydra M. Bringstrow
Data de inscrição :
19/05/2013

Mensagens :
129

Idade :
26


Ficha do Personagem
Ano Escolar:
Patrono: Nenhum
Casa:
RPG » Fantasma

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Victor

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum