Ambientação
Todo ser humano necessita de algo em que acreditar para que sua vida tenha algum sentido. Seja em vários deuses ou em um só ou até mesmo na inexistência de qualquer deus. Seja no bem, no mal, na vida após a morte ou em magia. Independente de qualquer que seja a crença, os humanos movem suas vidas em função dela. Entretanto, há um tipo especifico de humanos que têm a magia não como uma crença abstrata, mas como sua maior realidade.

A comunidade bruxa europeia vive em paz há algum tempo, desde que o Ministério conseguiu frustrar os planos da Irmandade das Trevas. Os comensais que sobreviveram ao rompante de raiva de seu chefe foram mandados para Azkaban para receberem o beijo dos dementadores. Porém os aurores não conseguiram capturar o líder da Irmandade, que anda livre pelo mundo já recrutando um novo exercito.

Não diferente, o Ministério da Magia já treina novos aurores para suprir a baixa que foi deixada pela última batalha contra os bruxos das trevas. Os chefes dos departamentos não mais estão fazendo vista grossa para os acontecimentos anómalos que outrora assombraram suas rotinas. O ministro em si se encarrega dos assuntos mais sérios e as pilhas de papeis em sua mesa estão cada vez menores.

Em Hogwarts, os antigos clubes de duelos e de poções foram reativados, mas não com a antiga ideologia de apenas aprendizado e lazer, e sim com a mascarada didática de treinar os alunos em combate, defesa e o que mais for necessário para prepara-los para uma futura batalha contra o mal.

Os sinais estão claros para as autoridades, os bruxos das trevas se movem à surdina e os jovens estudantes do castelo de Hogwarts são preparados para a guerra sem nem mesmo notar. Os dias sombrios estão por vir novamente. Bruxos, empunhem suas varinhas e as segurem bem, pois elas serão suas maiores e melhores aliadas nos dias futuros.
Data on
Ano: 2019
Mês: Outubro
Novidades

Em breveCampeonato de Quadribol

Últimos assuntos
» [RP]
Ter 6 Jun 2017 - 15:36 por Joshua B. Connington

» Votações - Abril e Maio
Seg 5 Jun 2017 - 2:20 por Sarff

» [RP] I have loved the stars too fondly to be scared of the night
Dom 4 Jun 2017 - 10:46 por Anastasia Kinsky

» [RP] Seven Nation Army
Sex 2 Jun 2017 - 3:07 por Edward Fourrié Schwartz

» Solicitação de Missões
Sab 13 Maio 2017 - 20:23 por Chai K. Schwartz

» Liga de Quadribol
Dom 7 Maio 2017 - 19:17 por Sarff

» Sistemas do Fórum
Dom 7 Maio 2017 - 18:04 por Sarff

» [rp] She is supreme
Qua 15 Fev 2017 - 20:16 por Aaliyah Brussel Lancaster

» Tabela de Conversão e Ações de PPH's
Seg 13 Fev 2017 - 3:27 por Tétis

» [RP] Just another day
Dom 29 Jan 2017 - 19:02 por Convidado

Staff
Sarff
Danorum
Narrador
Tétis
Manchetes do Profeta
Entrevistacom o Ministro da Magia.
Nóticiassobre a Liga de Quadribol.
Awards
BRANDON CARTWRIGHT
Aluno mais esforçado
IVY SCHWARTZ
Melhor profissional
NIKOLAI DIMITROFF
Drama king
EDWARD SCHWARTZ
O pegador
ANNE & LILY
Melhor dupla
Ksenia & Marijuana
RP mais quente
Parceiros
Créditos
Todo conteúdo contém exclusivamente seus criadores, quaisquer retiradas devem ser creditadas. Este fórum é a terceira geração que se iniciou no Aresto Momentum e depois se tornou Potterhead, seguindo algumas de suas ideologias, sistemas e projetos. Este RPG é feito em nome do PH e toda sua colaboração para o mundo Rpgista Potteriano. Skin feita por Hardrock de Captain Knows Best e adaptada por Danorum.

Licença Creative Commons

3ª Aula de DCAT

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

3ª Aula de DCAT

Mensagem por Tétis em Qui 6 Jun 2013 - 21:34

DCAT

Aula III
avatar
Tétis
Data de inscrição :
12/05/2013

Mensagens :
2114


RPG » Administrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de DCAT

Mensagem por Sophie Killer Cavendish em Qua 17 Jul 2013 - 22:32

Terceira Aula de DCAT.


Caminhava tranquila e sentia a brisa leve envolver meu corpo como um manto protetor e em uma tentativa frustrada de conter o frio comecei a passar as mãos nos braços repetidamente, só parei a caminhada para olhar o céu, naquela noite em questão parecia que o mesmo havia sido pintado com carinho e cuidado por um artista ávido por reconhecimento, afinal tanta beleza deveria ser apreciada. Somente quando ouvi passos apressados, parei de olhar pro céu e passei a andar apressada, pra não perder o horário e pela primeira vez, quando cheguei à mesma todos os alunos estavam na sala, olhei o relógio atordoada e notei que faltava exatamente cinco minutos para o horário, sorri aliviada sentando-se na mesa , esperei os minutos e quando achei que está na hora comecei .

_ Boa noite!  Eu gostei bastante da aula passada e sei que alguns de vocês não gostaram, eu sinceramente gostaria de concordar com os insatisfeitos, só que não consigo. A questão é que hoje, aprenderão um novo feitiço parecido com o da aula passada, este já estava no conteúdo e tem um efeito parecido. Hoje aprenderão o Bamboé, alguém saberia me dizer como o mesmo funciona e para o que é utilizado?  - Esperei atenta, e um aluno da Sonserina levantou a mão de maneira imponente e com um sorriso, respondeu corretamente, passei a trançar os cabelos rapidamente, enquanto o mesmo respondia. _ Então, você está correto. O Bamboé , serve para impossibilitar que o seu oponente corra, e dependendo da força e distância utilizada, o mesmo poderá ficar sem andar . Hoje aprenderemos o mesmo e espero rir tanto quanto na aula passada e claro que vocês aprendam tanto quanto aprenderam na aula anterior.  Agora peguem as suas varinhas e repitam comigo, e, por favor, levantem para que eu possa ver a todos com facilidade. –

Comecei a movimentar a varinha e pronunciar o feitiço calmamente e depois de repetir diversas vezes, permiti que os mesmos continuassem e passei a caminhar em frente às mesas e a corrigir os erros.  Depois de alguns minutos, obervando e corrigindo os mesmos, acenei para que todos me observassem.

_ É o seguinte, acredito que já está bom, então quero que formem duplas e se espalhem pela sala, outra coisa, não quero que pratiquem com o colega da aula passada, quero que procurem outra pessoa para que possam praticar. – Alguns mostravam inquietude, e foi impossível não notar os cochichos de reprovação.  _ Ei, também faz parte da aula, conhecer novas pessoas. Chega de cochichos e olhares desconsolados, procurem outro aluno, se apresentem brevemente, escolham um espaço na sala e comecem a treinar. - Olhei pra todos com o meu típico olhar de poucos amigos e aos poucos os mesmos passaram a caminhar pela sala, na busca de novos colegas, repreendi a um e outro que havia se juntado com o colega da aula anterior achando que não havia notado e depois que todos estavam preparados, acenei para que pudessem começar a pratica.  Se a aula anterior havia sido engraçada, essa sem dúvidas seria bem melhor, alguns alunos gritavam assustados quando perderam a mobilidade das pernas, alguns tentavam correr a todo custo até que paravam cansados e certos que não conseguiriam. Os minutos foram passando lentamente, enquanto corrigia alguns alunos, desfazia o feitiço em outros e quando notei que já estava na hora de dar tchau, fui até a minha mesa e me escorei na mesma.

_ Ei galerinha, já está na hora! Eu sei que foi divertido, porém o tempo é curto e caso nós sobre tempo no final do ano, prometo que poderemos praticar mais um pouco.  Espero que não abusem nas brincadeiras com os colegas e tenham uma boa noite! – Sorri a todos e esperei que os mesmos recolhessem os seus materiais e se retirassem da sala, uma vez que todos sairão , recolhi os meus pertences e parti.  


Spoiler:

Apenas alguns avisos.

Postagens com menos de vinte linhas serão zeradas
Pontuo por criatividade, fidelidade à primeira postagem e interação então me surpreendam.
O que foi pedido em sala de aula espero receber por MP, o prazo pra entrega é dez dias, ou seja, se a aula foi postada no dia quinze só pontuo até dia vinte e cinco.
As mensagens devem ser identificadas da seguinte maneira: Nome do aluno- Casa- Ano.

E os pontos para as casas são atribuídos da seguinte maneira.

Melhor aula =   20 pontos
Melhor aula prática =  30 pontos



Sophie Killer Cavendish
Data de inscrição :
18/05/2013

Mensagens :
38

Idade :
33


Ficha do Personagem
Ano Escolar: Concluído
Patrono: Gato Persa
Casa: Sonserina
RPG » Adulta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de DCAT

Mensagem por Brandon S. M. Drakhale em Sex 19 Jul 2013 - 23:32

Bamboé.


Os corredores estavam barulhentos e os alunos agitados, Brandon se dirigia à aula de Defesa
Contra as Artes das Trevas, ao seu lado se encontrava sua irmã Mary. Os dois se encontravam bem animados, porque, se a aula de hoje fosse tão divertida quanto a última, seria maravilhoso.
Mary estava também animada,o dia tinha sido movimentado, mas não haviam ainda se cansado. Finalmente haviam chegado até a sala de DCAT, suas portas se encontravam escancaradas e Brandon e sua irmã adentraram-na, se dirigiram até uma das carteiras no fim da classe e se acomodaram. Professora Sophie ainda não havia chegado, para a surpresa do garoto que já estava ansioso.Após poucos minutos de espera, a professora finalmente adentra a sala,ela parecia radiante e estampava um grande sorriso no rosto, se dirigiu até o início da sala , se virou para os primeiranistas, cumprimentou-os e deu início à aula.
Segundo ela, a aula de hoje seria tão animada quanto a anterior, hoje aprenderiam um feitiço que tinha os efeitos parecidos com o aprendido na aula anterior, o feitiço Bamboé, a professora perguntou-os quem sabia os efeitos desse feitiço, rapidamente Brandon levantou a mão e respondeu a pergunta da professora:
-Bom, pelo o que eu li, o feitiço Bamboé impede que o oponente corra, deixa as perna do mesmo bambas e sem locomoção.-A professora dá um sorriso ao sonserino, que cora instantaneamente.
O feitiço era bem fácil de aprender, Sophie ensinou-os os movimentos adequados e destacou a pronúncia exata , que poderia influenciar nos efeitos do feitiço. Segundo ela, praticariam da mesma forma que na aula anterior, usando o feitiço em seu par.
-Mary, será meu par de novo certo?-Perguntou o garoto com um sorriso no rosto.
-Óbvio, não quero praticar com estranhos.-Disse ela franzindo o cenho.
Porem, nesse mesmo instante a professora informou-lhes, para o desgosto da classe, que não poderiam praticar com a mesma pessoa das aula anterior, destacando que era importante conhecer novas pessoas. Brandon ficou realmente desapontado , mas aceitou.
Nesse momento, um garoto que usava as vestes com as cores da Grifinória, cutucou Bran nas costas e perguntou:
-Ei, garoto, quer ser meu par?-Perguntou ele franzindo o cenho , repentinamente.
-Ok, vamos nessa, não tenho mais ninguém.- Disse Brandon não muito satisfeito com a situação.
Após algumas duplas já terem praticado, Brandon e o grifino se encaminharam para o espaço livre no início da classe e se posicionaram adequadamente  para receber o feitiço.
-Pode começar,-Disse o grifino em um tom de temos. Bran então sacou sua varinha do interior dos bolsos das vestes, apontou para as pernas do grifino e gritou em alto e bem som:
-Bamboé! – Brandon sentiu sua mão vibrar e imediatamente o garoto gritou, e caiu no chão com um baque . Brandon se dirigiu ao garoto e ajudo-o a levantar-se.
O garoto ficou um bom tempo cambaleando até o efeto do feitiço passar e chegar a sua vez de azarar Brandon.
Bran sentiu seu estômago revirar, suas mão estavam gélidas e o garoto fixou seus pés firmemente no chão. O grifino apontou sua varinha para as pernas de Brandon e disse com um breve sorriso no rosto.
-Bamboé.-O garoto sentiu suas penas perderem a rigidez, sentiu como se os ossos de suas pernas tivessem sumido, suas pernas pareciam borracha. O garoto se sentia tonto pelo movimento rotativo que suas pernas faziam, mas se esforçou ao máximo para não cair. Após o efeito finalmente passar, o garoto se assenta e espera o resto da classe acabar de praticar.
Sua irmã se senta ao seu lado , suspira e desabafa.
-E nunca senti uma coisa parecida! É tão...horrível.-Disse ela com cara de enjoo assim como seu irmão.-Concordo contigo, mas é um ótimo feitiço para pregar peças não acha?-Diz ele com um sorriso enorme no rosto, Mary cai na gargalhada e os dois ficam rindo até a professora se despedir e liberar os alunos.
Então Brandon se levanta, se despede de sua irmã e vai em direção à Sala Comunal da Sonserina exausto .




The magic is in the shoes of those who feel
Slytherin - Quarto Ano
avatar
Brandon S. M. Drakhale
Data de inscrição :
14/05/2013

Mensagens :
435

Idade :
17


Ficha do Personagem
Ano Escolar: 4° Ano
Patrono: Raposa
Casa: Sonserina
HOG » Sonserina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de DCAT

Mensagem por Katrina Bringstrow Fert em Ter 23 Jul 2013 - 23:13

Primeira e Ultima aula de DCAT do primeiro ano...

Eu cheguei no salão principal, ele era diferente de tudo o que eu vi a minha vida toda, o local era bonito, iluminados com velas flutuantes e um teto mostrando o céu do lado exterior do castelo.A comida estava uma delicia, um banquete iniciado por folhas(vegetais), após uma diversidade de tipos de carne para os diferentes gostos alimentares, comida bem diversificada, comida é uma coisa que não faltava, de sobremesa havia algo que eu amo, Pudim.Subi algumas escadas até chegar na sala.
Eu acabara de chegar à sala, a professora já estava no local, então, decidi falar não falar com ela.... Acho que ela estranharia, me sentei, eu só falaria se ela comentasse algo.
A aula começou, a professora comentou algo sobre um feitiço que iríamos aprender, prestei clara atenção em suas palavras, ela cumprimentou a todos e perguntou sobre o Feitiço Bamboé. Eu havia lido muito a respeito de feitiços, e sabia esse, eu levantara minha Mão, mas já era tardem um garoto levantou mais agilmente, e respondeu corretamente: O Bamboé serve para impossibilitar que o seu oponente corra, e dependendo da força e distância utilizada, o mesmo poderá ficar sem andar Então a professora prosseguiu pedindo que a imitássemos, então peguei minha varinha e comecei a imitar a professora, com um pouco de dificuldade. Esperei um tempo, estavam todos treinando e conseguindo, menos eu!Aproximei-me da professora e disse:
-Srta. Cavendish, Eu estou com dificuldades na realização do movimento, poderia me ajudar?
A professora me olhou com um olhar: “Eu nunca te vi por aqui... o que será que houve com essa garota?” E disse:
-Mas é claro, faça o seguinte movimento, e diga Bamboé!- Fiz e deu certo, mas infelizmente o feitiço atingiu as pernas da professora, mas ela lançou o contra feitiço e se reergueu:- Isso é normal acontecer quando ajudo alguns alunos com esse feitiço, agora me diga, qual é seu nome e de que casa você é? Nunca a vi por aqui...
Ela disse abrindo um largo sorriso e eu respondi:
-Sou Katrina Karamakov, Pode me chamar de Kath, minha casa é a Sonserina.
Ela olhou com um olhar diferente dessa vez um olhar acolhedor:
-Ohh.Seja bem-vinda, sou diretora de sua casa! Agora, vá treinar mais um pouco, mas treine sua dificuldade, o movimento.
Voltei ao meu lugar e treinei o movimento e consegui fazer o movimento cm maior facilidade. A professora voltou a falar algumas coisas e pediu que formássemos duplas,
eu não conhecia ninguém ainda, então, uma garota ficou sem dupla, eu cheguei perto dela e perguntei:
-Olá, Meu nome é Katrina, pode me chamar de Kath,estou na Sonserina quer fazer dupla comigo?
A garota afirmou dizendo que podia ser, já que o irmão dela não poderia ir com ela, pois já haviam sido dupla na aula anterior, ela disse que: seu nome é Mary, estava na Corvinal e havia nascido nos Estados Unidos. Eu disse que não queria contar minha historia, pois ela é trágica demais, Então, a professora disse que nós tínhamos de lançar o feitiço umas nas outras. Aponto a ela minha varinha, mirando em suas pernas, realizo o movimento e digo: - Bamboé!- As pernas da garota cambalearam e ela caiu no chão, mas nada a impediu, de mesmo com as pernas ruins apontar a varinha mirando em minhas pernas e fazendo o movimento dizendo: - Bamboé! – Eu cambaleei até cair no chão com minhas pernas imóveis e então a professora chegou e lançou em nós o contra feitiço parabenizando-nos pelo sucesso do feitiço. Ela se afastou verificando e ajudando os outros alunos.
E depois daquele dia, eu e Mary ficamos amigas.





FURACÃO KATRINA
You know that I'm a crazy B*tch.
avatar
Katrina Bringstrow Fert
Data de inscrição :
17/07/2013

Mensagens :
308

Idade :
18


Ficha do Personagem
Ano Escolar: Concluído
Patrono: Jaguatirica
Casa: Sonserina
TDP » Colunista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de DCAT

Mensagem por Mary E. M. Drakhale em Qua 24 Jul 2013 - 11:38

Azarações e mais azarações

A noite estava fria, e o teto do Salão Principal estava retratando nuvens. Devido a proximidade do Natal, os alunos não saíam mais sem casacos, cachecóis e luvas, pois sabiam que o risco do tempo ficar mais frio ainda era grande. Me sento calmamente na enorme mesa reservada para a Corvinal e me delicio com os pratos. Depois de tudo pronto, ando em direção a última aula do dia, Defesa Contra as Artes das Trevas. Encontro meu irmão no caminho e seguimos conversando até chegar na sala.
A aula seria tão animada quanto a anterior, aprenderemos o Bamboé, que serve para impossibilitar que o seu oponente corra. Treinamos o movimento do feitiço, e eu consigo o executar com facilidade. Mas, prosseguindo a fala da professora, não poderíamos praticar com as mesmas duplas da aula anterior. Meu irmão logo fica com um grifino, então eu procuro outras pessoas. Uma menina loura, alta, que eu nunca vira por aqui.
-Quer fazer dupla comigo? -pergunto.
-P-pode ser... -seu tom de voz era inseguro e ela não parecia estar certa do que estava fazendo. Por que ela se matriculara para o último dia de aula era uma dúvida.
Pergunto mais sobre ela, mas ela não quer dizer. Se chama Katrina, mas gosta que a chamem de Kath. Nasceu na Alemanha. Mais sobre ela, nada. Me pergunta sobre mim, e digo que sou dos Estados Unidos. Então praticamos um pouco mais o movimento e eu lanço o feitiço na perna dela.
-Bamboé.
Nada acontece. Tento novamente.
-Bamboé.
Kath cambaleiou e não consegue se movimentar direito. Então ela lança o feitiço em mim e o mesmo acontece, só que comigo. Rimos um pouco com a sensação e a professora nos lança o contra-feitiço. Converso com ela por um tempo curto, e me sento numa mesa perto de meu irmão.
-E nunca senti uma coisa parecida! É tão...horrível. -eu digo para ele. Estava meio tonta pela sensação e minhas pernas estavam ruins como nunca antes.
-Concordo contigo, mas é um ótimo feitiço para pregar peças não acha?
Damos risada com o comentário e pergunto:
-Mano, se importa se eu sair com a Kath hoje?
-Não... claro que não!
Então eu acompanho a menina, que era da Sonserina.
-Olhe, somos amigas agora, certo? Por favor, me conte sobre você! Eu posso ajudar...
Ela exita por um momento, mas assente com a cabeça e diz:
-E-eu estou perdida aqui. Não sei nada daqui. Por favor, me ajude!
Eu a fito por um instante, me perguntando se aquilo era algum tipo de piada. Como assim? Ela poderia ter vindo para cá sem saber? Nunca ouvira falar de nada do gênero... Mas a expressão da menina era de medo, então conto a ela tudo o que sabia sobre Hogwarts, todos os parágrafos decorados do livro Hogwarts: Uma História, que era meu livro preferido.
-Há milhares de anos, a Hogwarts foi fundada pelos quatro melhores bruxos da época. Rowena Corvinal, Godric Grifinória, Helga Lufa-Lufa e Salazar Sonserina...
Prossigo falando até cansar, ela me ouvindo atentamente.





Mary Elizabeth § Monitora da Corvinal § 2° ano § Magorian Drakhale
avatar
Mary E. M. Drakhale
Data de inscrição :
10/06/2013

Mensagens :
87


Ficha do Personagem
Ano Escolar: 2° Ano
Patrono: Nenhum
Casa: Corvinal
HOG » Corvinal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de DCAT

Mensagem por Kenton Willians Lancaster em Sex 2 Ago 2013 - 21:08

Brandon F. Gagerdoor - 8,0

Katrina Karamakov - 8,0

Mary E. C. Gagerdoor - 8,0
avatar
Kenton Willians Lancaster
Data de inscrição :
16/05/2013

Mensagens :
805

Idade :
36


Ficha do Personagem
Ano Escolar: Concluído
Patrono: Mariposas-Tigres
Casa: Corvinal
RPG » Adulto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 3ª Aula de DCAT

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum